Outubro na Porta-Jazz


Mike Moreno

A Associação Porta-Jazz já apresentou a sua programação de concertos para o mês de Outubro. O programa inclui vários músicos internacionais: o guitarrista americano Mike Moreno, o saxofonista argentino Luis Nacht e o guitarrista suíço Roberto Pianca. Os concertos são sempre aos sábados na Sala Porta-Jazz – Avenida dos Aliados, 168, 4º – e todos os concertos incluem duas sessões: a primeira às 19h00, a segunda às 22h00. Aqui fica o programa:

7 Out: Quarteto Luis Nacht
14 Out: Mike Moreno Trio
21 Out: Roberto Pianca
28 Out: O Outro

Vem aí mais uma edição do DouroJazz

BS-20150815-BRUNOPERNARDASBruno Pernadas [Fotografia: Carlos Manuel Martins]

Aqui está mais uma edição do DouroJazz, festival que se realiza nas primeiras semanas de Outubro no Teatro de Vila Real. O programa destaca duas cantoras (Carmen Souza e Maria João em versão blues), mas é sobretudo evidente a atenção dada à nova geração do jazz português. Esta geração está representada com projectos que, apesar de esteticamente díspares, despertam muita curiosidade: o grupo Home de João Barradas (que vai apresentar o seu disco de estreia “An End As a New Beginning”), a cantora Beatriz Pessoa, o guitarrista Bruno Pernadas a apresentar a sua faceta jazz (e o disco “Worst Summer Ever”) e Os Putos do Jazz (já aqui apresentados). Aqui fica o programação completa.

4 Out, 21h30: Budda Power Blues feat. Maria João
6 Out, 21h30: Os Putos do Jazz
7 Out, 21h30: Bruno Pernadas
10 Out, 14h30: Jazzhop! (Público juvenil)
11 Out, 22h30: Beatriz Pessoa
13 Out, 21h30: Home
14 Out, 21h30: Carmen Souza
14 Out, 23h00: DJ Set Encerramento

Outubro no Hot Clube


William Parker

O Hot Clube de Portugal apresentou a programação para o mês de Outubro (e início de Novembro). No programa do clube da Praça da Alegria destaca-se a presença do gigante William Parker, com o contrabaixista americano a integrar um quarteto internacional com o saxofonista John Dikeman, o baterista holandês Onno Govaert e o trompetista português Luís Vicente (actuam a 1 de Novembro, na noite anterior passam pelo Auditório de Espinho). O programa inclui ainda  o contrabaixista João Hasselberg em dose dupla: o duo Songbird toca a 4 de Outubro e a parceria com Pedro Branco actua nos dias 19 e 20. Destaque ainda para a dupla Júlio Resende & Carlos Barretto, que vai apresentar o espectáculo “A Árvore dos Desejos” (dia 26). As jam sessions – sempre às terças-feiras, com entrada livre – são organizadas pelo baterista Luís Candeias.

Programa completo [PDF]

Jazz de volta a Estarreja

João Mortágua [Fotografia: Mário Ferreira]

A edição 2017 do festival Estarrejazz realiza-se entre os dias 4 e 14 de Outubro e vai apresentar um total de oito concertos: seis concertos no auditório e dois concertos nas “after-hours”. Do programa destacam-se a cantora sueca Lina Nyberg e várias propostas nacionais: o trio Paulo Bandeira com a cantora Cristina Branco como convidada, o músico estarrejense João Mortágua, que vai apresentar o disco “Mirrrors”, e ainda o trio NOA, grupo de Nuno Costa, Óscar Graça e André Sousa Machado com a cantora convidada Rita Maria. Os concertos no auditório começam sempre às 21h30, as “after-hours” realizam-se aos sábados a partir das 23h00. A entrada nos concertos vale 6€ ou 4€ (Cartão Amigo, Cartão Sénior e Jovem Municipal) e o passe geral fica por 22,5€ (acesso a todos os concertos no auditório e “after-hours”). Aqui fica o programa completo do festival.

5 Out.: Alma Nuestra
6 Out.: João Mortágua
7 Out.: NOA c/ Rita Maria
7 Out.: Tomás Marques Quartet (After-hours)
12 Out.: Trio Paulo Bandeira c/ Cristina Branco
13 Out.: Lina Nyberg Band
14 Out.: Big Band Estarrejazz c/ Paula Morelenbaum e Ralf Schmid
14 Out.: Domingos Henriquez (After-hours)

Notícia publicada no site Bodyspace.
http://bodyspace.net/ultimas/81240-jazz-de-volta-a-estarreja/

3 Discos? A escolha de Cláudia Marques Santos

cms_331458326289354_o[Fotografia: Valério Romão]

Cláudia Marques Santos é jornalista e trabalha na área da cultura, colaborando com as revistas Máxima, Visão e UP Inflight Mag; é também responsável pelo projecto de entrevistas online If You Walk the Galaxies.

fontana_milesdavis_3652652 alovesupreme10000_37sg3g billevans_51ihWt8rzL

Os três discos de jazz que mais oiço:

Miles Davis – “Ascenseur pour l’échafaud”
(Fontana, 1958)
“Para estar sozinha.”

John Coltrane – “A Love Supreme”
(Impulse, 1965)
“Para parar de pensar.”

Bill Evans – “Time Remembered”
(Milestone, 1983)
“Para trabalhar.”

Alessio Vellotti ​apresenta disco ao vivo

Alessio Velotti Group

O pianista e compositor ​Alessio Vellotti​, italiano residente em Portugal, acaba de editar o seu álbum de estreia. O disco tem por título “Viagem de Regresso” e será apresentado ao vivo no Centro Cultural da Malaposta (Odivelas) no próximo dia 15 de Setembro. Neste concerto Velotti vai contar com a companhia do saxofonista Tiago Cordeiro, ​d​o baixista Augusto Macedo e ​d​o baterista Diogo Leónidas. O concerto tem início marcado para as 21h30 e a entrada tem o preço de 5€.

Pianistas no São Luiz


Joana Gama

O Teatro São Luiz também já revelou a programação para a nova temporada, onde se destacam concertos com pianistas portugueses. A 22 de Novembro Filipe Melo e Filipe Raposo apresentam “A Biblioteca dos Músicos”, concerto integrado nos Dias do Desassossego ’17. Este espectáculo pretende reflectir os livros que inspiraram os músicos e vai ainda incluir duas composições inéditas: um tema dedicado a Fernando Pessoa, outro para José Saramago. No dia 24 de Novembro a pianista Joana Gama apresenta o espectáculo “I Love Satie”, recital de piano à volta do repertório de Erik Satie que irá assinalar o lançamento do disco “Satie.150”. No São Luiz os espectáculos começam sempre às 21h00.

Há jazz em Santarém

18486157_1518819021496482_2079115663939354272_n-800x445
Vasco Agostinho

No último fim-de-semana de Setembro vai realizar-se a primeira edição do Santarém Jazz Fest. No dia 30 de Setembro, a partir das 22h00, serão apresentados dois concertos: Quarteto Vasco Agostinho e Alexandre Bento Trio (Alexandre Bento, Yuri Daniel, Sebastian Scheriff). Os concertos terão lugar no Convento de São Francisco e o programa completa-se com uma audição de jazz comentada com José Duarte (Fórum Mário Viegas, dia 30, às 16h00) e um workshop de jazz com Vasco Agostinho (Fórum Mário Viegas, dia 1 de Outubro, às 14h00).

Disco: “A Square Meal” de Leblanc / Vicente / Antunes / Ferreira Lopes

Leblanc / Vicente / Antunes / Ferreira Lopes
“A Square Meal”
(Atrito-Afeito, 2017)

Karoline Leblanc é uma pianista canadiana (n. 1975) que começou a sua ligação à música através da música clássica mas nos últimos anos tem desenvolvido o seu percurso nos terrenos da improvisação livre. Em 2016 editou o disco a solo “Velvet Oddities” e tem trabalhado em parceria com Paulo J. Ferreira Lopes (n. 1962), baterista português radicado no Quebec, que foi membro dos Ocaso Épico. A dupla é responsável pela editora Atrito-Afeito, que vem editando material – sobretudo CD-Rs em edições limitadas – desde o ano de 2013. Recentemente, Leblanc vem alimentando uma especial ligação à cena improvisada portuguesa: participou no festival MIA (Atouguia da Baleia) e editou na Creative Sources um disco em parceria com o Lisbon String Trio (Ernesto Rodrigues, Miguel Mira e Alvaro Rosso). Esta ligação foi reforçada com a edição deste novo disco “A Square Meal”, com a dupla luso-canadiana a juntar-se a dois músicos portugueses de créditos firmados: o contrabaixista Hugo Antunes e o trompetista Luís Vicente. (…)

Texto completo no site Bodyspace:
http://bodyspace.net/discos/3189-a-square-meal/

GUME na ZDB


Yaw Tembe [Fotografia: Vera Marmelo]

No próximo sábado, dia 16 de Setembro, a Galeria ZDB acolhe uma actuação dos GUME. O grupo reúne sete músicos nacionais: Yaw Tembe (trompete e voz), Tiago Fernandes (saxofone alto), André David (guitarra), Pedro Monteiro (contrabaixo), Sebastião Bergmann (bateria) e David Menezes (percussão). O septeto trabalha uma mescla de jazz elétrico e spoken sword e vai apresentar ao vivo o disco de estreia, “Pedra Papel”. O concerto arranca às 22h00, os bilhetes custam 6€ e os sócios ZDB têm entrada livre.