Nubya Garcia toca em Lisboa

Já sabíamos que Nubya Garcia iria tocar a Braga, agora ficamos a saber que vai também actuar em Lisboa, naquela que será a sua estreia na capital portuguesa. A saxofonista londrina, que editou no ano passado o EP “When We Are” e é uma das grandes revelações do jazz contemporâneo, vai actuar no Musicbox no dia 11 de Julho. Os bilhetes já estão disponíveis (Bilheteira Online e locais habituais) e custam 10€.

João Lencastre vai ao CCB

O baterista João Lencastre vai apresentar-se ao vivo no Centro Cultural de Belém no dia 2 de Março. Lencastre vai levar ao Pequeno Auditório do CCB o seu trio Communion 3, onde tem a companhia do contrabaixista norueguês Eivind Opsvik e do pianista norte-americano Jacob Sacks. O grupo leva na bagagem o material do disco “Movements in Freedom“, publicado o ano passado pela Clean Feed.

Rui Eduardo Paes apresenta novo livro

Rui Eduardo Paes [Fotografia: Paulo Leal Duarte]

O musicólogo Rui Eduardo Paes vai apresentar um novo livro. O novo trabalho, com o título “O Fagote de Shatner”, vai contar com ilustrações de Rudolfo e será publicado pela editora Chili Com Carne. Neste seu novo livro, o décima obra publicada pelo ensaísta, editor da Jazz.pt e programador, serão abordados três temas centrais:  o sexo, a loucura e a morte. Está prometida uma abordagem ampla, que atravessa “o jazz criativo, a música improvisada e os vários experimentalismos do presente”, mas também passará “pelo hip-hop queer, pelo nintendocore e por outras correntes menos conhecidas”.

O evento de apresentação do livro terá lugar na SMUP, na Parede, no dia 16 de Março, às 22h00. Além da apresentação do livro, que conta com André Calvário e João Sousa como oradores, o evento vai contar com actuações musicais de três projectos experimentais: Ameeba, Salomé e Svayam. O trio Ameeba junta Frederico Pais (guitarra eléctrica), Carlos Paes (baixo eléctrico) e Pedro Lourenço (bateria). Salomé é um projecto que reúne Ricardo Jacinto (violoncelo, electrónica), André Calvário (baixo eléctrico) e Patrícia Guerra (bateria). E Svayam é um projecto a solo de João Sousa, que utiliza taças tibetanas e guitarra. O evento tem entrada livre, mediante donativos para os músicos.

Jazz de regresso a Seia


Fred Lonberg-Holm

Aproxima-se mais uma edição do Festival Seia Jazz & Blues, que se realiza entre os dias 18 e 24 de Março, numa iniciativa do Município de Seia em parceria da Escola Profissional da Serra da Estrela, o Conservatório de Música de Seia e o Festiva DME – Dias da Música Eletroacústica. O festival vai apresentar concertos de Budda Power Blues, Elas e o Jazz, Voro Garcia e o trio Ernesto Rodrigues / Fred Lonberg-Holm / Rodrigo Pinheiro, entre outros. Mais informações na página do festival.

Culturgest anuncia Vijay Iyer & Craig Taborn e The Necks

Vijay Iyer & Craig Taborn

A Culturgest acaba de anunciar a programação musical até Maio. No âmbito do jazz destacam-se dois concertos de projectos internacionais: o duo americano Vijay Iyer & Craig Taborn (a 19 de Março) e os australianos The Necks (a 16 de Maio). Iyer e Taborn vão apresentar o espectáculo “The Transitory Poems”, extraordinário duo de piano contemporâneo, que será editado em disco em Março (via ECM Records). Os The Necks, trio de Tony Buck, Chris Abrahams e Lloyd Swanton, continuam a ser uma das bandas mais originais a trabalhar a partir de uma matriz jazz e editaram no ano passado o soberbo disco “Body“. O programa inclui ainda  o espectáculo “Agora Muda Tudo”, projecto de Nuno Côrte-Real com a participação da cantora Maria João e do Ensemble Darcos (a 28 de Março).

São Luiz anuncia Festival de Jazz de Lisboa

John Hollenbeck [Fotografia: Scott Friedlander]

O Teatro São Luiz vai promover o novo Festival de Jazz de Lisboa e acaba de anunciar a programação do festival, que se realiza entre os dias 27 e 31 de Março de 2019. Organizado em parceria com o Hot Clube de Portugal, o festival vai apresentar concertos de Orquestra Jazz do Hot Clube de Portugal (com o convidado John Hollenbeck), Sexteto Bernardo Moreira, João Barradas’ Portrait (com o convidado Mark Turner), Filipe Raposo (a apresentar “ØCRE”), Coreto, Big Band Júnior com Inês Laginha, Jeff Williams’ Lifelike e João Lencastre’s Communion. Os concertos têm lugar na Sala Luís Miguel Cintra, com excepção do concerto da Big Band Júnior que se realiza na Sala Bernardo Sassetti. Aqui fica o programa completo do festival.

27 Mar, 21h00: Orquestra Jazz do Hot Clube de Portugal convida John Hollenbeck
28 Mar, 21h00: Sexteto Bernardo Moreira “Entre Paredes”
28 Mar, 22h30: João Barradas’ Portrait c/ Mark Turner
29 Mar, 21h00: Filipe Raposo ØCRE
29 Mar, 22h30: Coreto
30 Mar, 16h00: Big Band Júnior com Inês Laginha
30 Mar, 21h00: Jeff Williams’ Lifelike
30 Mar, 22h30: João Lencastre’s Communion
31 Mar, 16h00: Workshop Jazz Band c/ direção de Greg Cohen

Vem aí o novo grupo RAN

Três figuras do jazz nacional juntaram-se para um novo projecto musical. João Rijo (na bateria), Hugo Antunes (no baixo eléctrico) e Daniel Neto (guitarra eléctrica) vão apresentar um novo trio chamado RAN (de Rijo/Antunes/Neto). O grupo apresenta-se ao vivo no dia 8 de Março, no Auditório da Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, em Lisboa (Telheiras). O novo grupo apresenta-se assim: “Três músicos com o jazz, rock e outras linguagens musicais em afinidade comum reúnem-se para tocar música original. O trio liberta-se de fórmulas ortodoxas de composição mergulhando em algo que não só desafia a lógica mainstream como também coloca em perspectiva as fronteiras linguísticas da música actual.”

Jacinta apresenta novo disco e novo livro

A cantora Jacinta acaba de anunciar um duplo lançamento: vai lançar um novo disco e, em simultâneo, apresenta também um novo livro. O disco chama-se “Semhora” e trata-se de uma gravação em duo, de voz e baixo eléctrico; o livro tem por título “Práticas Performativas no Jazz Vocal – uma auto-etnografia críticoanalítica”. A cantora vê estes dois trabalhos interligados: “O disco e o livro completam-se e não se podem dissociar dada a ligação teórica e temporal que levaram a cantora a gravar determinadas canções, num determinado contexto e com um formato específico. O mesmo se pode dizer do livro, uma vez que foi sendo criado em simultâneo.” A sessão de apresentação terá lugar no dia 23 de Fevereiro, às 18h30, em Aveiro (Hotel Moliceiro).

Disco: “BRUMA Project”

BRUMA Project
“BRUMA Project”
(Edição de autor, 2018)

Nascida no Porto, a cantora Sara Miguel mudou-se em 2014 para os Açores (Ilha Terceira). Licenciada em Canto Jazz na ESMAE, lançou em 2012 o seu disco de estreia, “Monção”. Lidera o seu quarteto e integra a banda Peanut Butter Jelly. Nos últimos anos tem colaborado com a Orquestra Angrajazz, que se apresenta regularmente no festival de jazz de Angra do Heroísmo. Neste projecto BRUMA a cantora propõe uma revisitação jazzística de temas açorianos – um pouco à semelhança do que acontece no projecto do guitarrista André Santos, que por sua vez propõe a revisitação contemporânea do património música tradicional de outro arquipélago português do Atlântico: MUTRAMA – Música Tradicional Madeirense Revisitada. Além de temas tradicionais, encontramos aqui reinterpretações de temas de Zeca Medeiros, Luís Alberto Bettencourt, Bruno Walter Ferreira e Aníbal Raposo. O eixo central deste disco acaba por ser a música de Zeca Medeiros, que aqui vê quatro temas seus transformados. O autor da obra-prima “Cinefilias e Outras Incertezas” (1999) vê aqui homenageado o seu trabalho, que já faz parte do imaginário e da cultura açoriana contemporânea. (…)

Texto completo no site Bodyspace:
http://bodyspace.net/discos/3375-bruma-project/

Marc Copland Trio vai ao Amadora Jazz

Aproxima-se mais uma edição do ciclo Amadora Jazz, que este ano chega à 9ª edição e se realiza entre os dias 7 e 9 de Março. O grande destaque do programa será o Marc Copland Trio, com Drew Gress e Joey Baron. Novamente co-organizado pela C.M. Amadora com o Jazz ao Centro Clube, o festival vai apresentar um total de quatro concertos, três espectáculos nos Recreios da Amadora e uma actuação no Cineteatro D. João.

No dia 7 os Recreios da Amadora acolhem o trio TGB, projecto de Sérgio Carolino, Mário Delgado e Alexandre Frazão, que acaba de editar o disco “III” (Clean Feed); no dia 8, sexta, a big band LUME – Lisbon Underground Music Ensemble actua nos Recreios da Amadora; no sábado, dia 9, a banda GeraJazz actua no Cineteatro D. João V, às 17h00. O festival encerra com o concerto do Marc Copland Trio, no dia 9 às 21h30.