Disco: “Autotelic” de Javier Subatin

Javier Subatin
Autotelic
(Sintoma, 2018)

Argentino a residir em Portugal, o guitarrista Javier Subatin (Buenos Aires, 1985) tem aqui o seu disco de estreia como líder. O projecto nasceu como duo, numa colaboração entre Subatin e o pianista português João Paulo Esteves da Silva. A formação completa-se com mais três músicos nacionais: Desidério Lázaro no saxofone, André Rosinha no contrabaixo e Diogo Alexandre na bateria.

Neste disco “Autotelic” Subatin faz questão de assinar a composição de todos os oito temas. O diálogo entre guitarra e piano está no centro desta música, a guitarra eléctrica de Subatin comunica com o piano de Esteves da Silva e o disco é deles, vive desse contínuo diálogo, dessa interação permanente. Pontualmente, Lázaro contribui com o seu saxofone criativo e Rosinha e Alexandre apoiam a base rítmica. Continue reading “Disco: “Autotelic” de Javier Subatin”

Brad Mehldau Trio em tour nacional

O Brad Mehldau Trio vai regressar a Portugal no mês de Outubro de 2019. O trio de Mehldau, Jeff Ballard e Larry Grenadier apresenta-se ao vivo em território nacional com três concertos: a 4 de Outubro no Caldas Nice Jazz, nas Caldas da Rainha; a 5 de Outubro no CAE, na Figueira da Foz; e a 6 de Outubro no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. Esta tour é organizada pela produtora Incubadora d’Artes e o trio traz na bagagem o material do seu disco mais recente, “Seymour Reads The Constitution!” (edição Nonesuch).

Jazz regressa a Setúbal

Beatriz Nunes

A 8ª edição Círculo de Jazz Fest realiza-se em Setúbal entre os dias 10 e 26 de Janeiro. Este festival, organizado pela Câmara Municipal de Setúbal em parceria com a Sociedade Musical Capricho Setubalense, vai apresentar concertos de Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal, Kharga, Ana Deus, Beatriz Nunes, João Hasselberg (com o projecto The Great Square of Pegasus), Ricardo Pinto, Jeffery Davis & Federico Casagrande e Daniel Neto. Além dos concertos, o ciclo apresenta ainda dois filmes, “Através da Noite” de Woody Allen e “Kansas City” de Robert Altman. Aqui fica o programa completo.

10 Jan, 21h30: Cinema “Através da Noite” (Casa da Cultura)

18 Jan, 21h30: Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal (Fórum Luísa Todi)
18 Jan, 23h30: Kharga (Sociedade Musical Capricho Setubalense)

19 Jan, 22h00: Ana Deus – Ruído Vário (Casa da Cultura)
19 Jan, 23h15: Beatriz Nunes Quarteto (Casa da Cultura)

24 Jan, 21h30: Cinema “Kansas City” (Casa da Cultura)

25 Jan, 22h00 – João Hasselberg (Casa da Cultura)
25 Jan, 23h15 – Quinteto Ricardo Pinto (Casa da Cultura)

26 Jan, 22h00: Jeffery Davis / Federico Casagrande (Casa da Cultura)
26 Jan, 23h15: Daniel Neto Quarteto (Casa da Cultura)

Livro: “Jazz Posters”

“Jazz Posters”
João Fonseca
(Argumentum, 2018)

No ano em que assinalam os 70 anos da sua fundação, o Hot Clube de Portugal promove a edição de um livro que reúne cartazes históricos de concertos. Esta publicação “Jazz Posters” – edição bilingue, em português e inglês – reúne cerca de 60 cartazes criados por João Fonseca (1958-2011). Não sendo designer de formação, o arquitecto e ilustrador João Fonseca criou cartazes para concertos do histórico clube de jazz, entre os anos de 1985 e 1989. Fonseca trabalhou para o Hot Clube sempre em regime “pro bono”, pelo amor à música, sem nunca receber nada em troca.

Por um lado, estes cartazes são verdadeiros objectos de arte e o livro funciona como um catálogo, uma mostra do design português de uma época. Cada concerto tinha uma imagem própria, assente num trabalho original de tipografia e composição gráfica, comunicando visualmente a música de cada grupo. Com recursos limitados, Fonseca trabalhava à mão e criava obras especiais, aqui reproduzidas na escala real (A3). Em cada cartaz vemos uma imagem original, única, irrepetível. Continue reading “Livro: “Jazz Posters””

Vítor Pereira apresenta-se

Natural do Porto, o guitarrista Vítor Pereira vive em Londres há vários anos. Músico com um percurso atípico, Vítor Pereira já editou três discos como líder: “Doors” em 2011, “New World” em 2016 e “Somewhere in the Middle” em 2018. Para já vai continuar a apostar no seu quinteto e apresenta-se ao vivo em Portugal, em Lisboa e no Porto: toca na Sala Porta Jazz a 29 de Dezembro e actua no Hot Clube nos dias 11 e 12 de Janeiro. Antecipando estes concertos, Vítor Pereira apresenta-se, numa entrevista exclusiva.  Continue reading “Vítor Pereira apresenta-se”

Pedro Melo Alves promove ciclo de concertos “Conundrum”

[Fotografia: Márcia Lessa]

O baterista e compositor Pedro Melo Alves vai promover um novo ciclo de concertos. O ciclo “Conundrum” vai consistir em actuações em duo de Melo Alves com músicos convidados e irá realizar-se em diferentes espaços, de norte a sul, sem periodicidade definida. A primeira actuação será no dia 22 de Dezembro, num duo com o guitarrista Pedro Branco (Zaratan, Lisboa). Seguem-se actuações com João Grilo (19 de Janeiro, local a confirmar, Lisboa); Jacqueline Kerrod (10 de Fevereiro, local a confirmar, Porto); Nuno Rebelo (23 de Fevereiro, Sonoscopia, Porto).

Segundo Melo Alves, “a ideia do ciclo é serem colaborações o mais inéditas possível, gente com quem praticamente nunca toquei. Vão ser sempre pessoas especiais escolhidas a dedo, da música experimental ao jazz”. O promotor do ciclo explica o nome: “Conundrum é um enigma particularmente ambíguo que costuma ser usado em contexto de lazer, tipo um jogo. Neste caso é o enigma que duas pessoas que nunca tocaram juntas têm de resolver ao dar por si nessa situação. E há também o detalhe drum no nome”. Os restantes concertos serão divulgados futuramente.