Levi Condinho: poesia encharcada de jazz

O jazz também se faz do público, os espectadores são parte integrante de cada espectáculo. Um dos rostos mais assíduos nas salas lisboetas é Levi Condinho, poeta que acaba de ver reunida a antologia “Pequeno Roteiro Cego“, organizada por António Cabrita e Miguel Martins, editada pela Abysmo. A poesia de Condinho está encharcada de jazz, um dos seus poemas é a “Ode ao Charlie Parker” e um dos seus livros tem como título “Saxofone” (editado na & etc).

«que mais poderia Deus querer /
na grande falta da sua completa solidão /
senão esta invenção pascal do jazz /
para o fim do seu imenso tédio»

Texto de António Cabrita na Revista Caliban:
https://revistacaliban.net/levi-condinho-o-seu-a-seu-tempo-4ddd2e6a54ba

Trevor Watts com Rodrigo Amado Motion Trio no Cartaxo

Trevor Watts

O Rodrigo Amado Motion Trio vai apresentar-se ao vivo com o lendário saxofonista Trevor Watts num concerto único no Cartaxo. O encontro entre o saxofonista britânico e o grupo de Rodrigo Amado, Miguel Mira e Gabriel Ferrandini terá lugar no dia 13 de Julho, às 21h30, no Centro Cultural do Cartaxo. Este evento será o culminar de uma residência artística que os músicos irão realizar entre 9 e 15 de Julho. Os bilhetes têm o preço único de 5€ e este será o único concerto em Portugal.

O saxofonista Trevor Watts é um extraordinário improvisador, figura central da improvisação livre inglesa, com um currículo transversal: passou pelos seminais Spontaneous Music Ensemble e Amalgam, além de ter firmado parcerias com músicos como Barry Guy, Veryan Weston, Steve Lacy, Don Cherry, John Stevens e Keith Tippett, entre outros.

Sara Serpa lança crowdfunding para o projecto “Recognition”

A cantora Sara Serpa acaba de anunciar uma campanha de crowdfunding para a edição do seu novo projecto “Recognition”. O projecto consiste num filme mudo com imagens da era colonial portuguesa, textos de Amílcar Cabral e música original da autoria de Serpa, com a participação de Zeena Parkins (harpa), Mark Turner (saxofone tenor) e David Virelles (piano).

Mais informações:
https://www.indiegogo.com/projects/recognition-sara-serpa-s-newest-album#/

Feira do Livro de Lisboa: jazz na praça Leya

Aproxima-se a abertura da Feira do Livro de Lisboa e a grande feira literária da capital também vai ter jazz. A feira arranca no dia 29 de Maio e a praça da editora Leya será o palco de uma série de concertos com programação da produtora Out of the Blue: Sound & Soul (30 Maio), Tomás Marques Trio (6 Junho), The Invisible Tuba (7 e 14 Junho), Cláudio Alves Trio (8 Junho), Cristina Clara & Edu Miranda (9 Junho), Débora Paris (12 Junho) e Nebuchadnezzar (13 Junho). Estes concertos acontecem às 19h30 nos dias úteis e às 21h00 nos sábados e vésperas dos feriados.

Manuel Linhares apresenta-se ao vivo

[Fotografia: Adriana Boiça Silva]

Com a edição do recente disco “Boundaries”, o cantor Manuel Linhares começa afirmar-se como a nova voz masculina do jazz português. Linhares vai agora apresentar-se ao vivo na Festa do Jazz, no Capitólio, no próximo sábado, 1 de Junho (22h45). Em palco, Manuel Linhares estará acompanhado por Paulo Barros no piano, José Carlos Barbosa no contrabaixo e Filipe Monteiro na bateria. O cantor actua depois em Marco de Canaveses (14 de Junho, Jazz no Jardim). Num contexto diferente, em duo com o brasileiro Pedro Iaco, Linhares irá apresentar-se ao vivo no Porto (15 de Junho, Mira Fórum) e Coimbra (23 de Junho, local a confirmar).

O Carro de Fogo de Sei Miguel: em vinil e ao vivo

[Fotografia: Nuno Martins]

A Clean Feed acaba de apresentar o seu mais recente pacote de edições e uma das grandes novidades é o disco “O Carro de Fogo de Sei Miguel“. Este álbum será editado em formato vinil (LP) e reúne o líder Sei Miguel (pocket trumpet e composição) com uma formação alargada: Fala Mariam (trombone alto), Nuno Torres (saxofone alto), Bruno Silva (guitarra eléctrica), Pedro Lourenço (baixo eléctrico), André Gonçalves (órgãos), Luís Desirat (percussão, metal e pele) e Raphael Soares (percussão, madeira). Assinalando a edição do disco, o grupo vai apresentar-se ao vivo no Sabotage, em Lisboa, no dia 26 de Junho (22h30, entrada a 7€).

Vem aí mais uma edição de Guarda In Jazz

The Rite of Trio [Fotografia: Ziga Koritnik]

O festival Guarda In Jazz vai regressar ​entre os dias 29 de Junho a 13 e Julho. O Teatro Municipal da Guarda vai acolher um programa diversificado, apresentando concertos de Jogo de Damas (2 de Julho), Albatre (3 de Julho), Maria Anadon (6 de Julho), The Rite of Trio (9 de Julho), ​José Valente (10 de Julho), Carlos Martins Quinteto (12 de Julho) e João Ventura & Rogério Pitomba (13 de Julho). Além dos concertos, o cartaz completa-se com um espectáculo de dança (Quorum Ballett, 29 de Junho), uma conferência (José Duarte, 6 de Julho), um filme (“Wild Man Blues: Um Retrato de Woody Allen”, 11 de Julho) e uma exposição (40 Anos de Cartazes de Jazz de Espanha, de 2 a 22 de Julho).

William Parker e Peter Evans vão à ZDB

William Parker

A Galeria ZDB acaba de apresentar mais nomes para os próximos meses. Do programa vasto, destacam-se três propostas ligadas ao jazz e música improvisada. A 15 de Julho há concerto de Peter Evans (trompete) com Gabriel Ferrandini (bateria), a primeira edição de “Som Crescente”, um workshop dirigido por Peter Evans que vai reunir músicos oriundos de diversos quadrantes. No dia 19 de Julho actua um quarteto em estreia mundial, que reúne os lendários William Parker (contrabaixo) e Hamid Drake (percussão) com Luís Vicente (trompete) e John Dikeman (saxofone) – no dia anterior, 18 de Julho, o contrabaixista William Parker dirige um workshop. A 27 de Junho a ZDB acolhe a estreia da banda nacional Chão Maior, projecto de Yaw Tembe (trompete e composição), que integra Leonor Arnaut (voz), Norberto Lobo (guitarra), João Almeida (trompete), Yuri Antunes (trombone) e Ricardo Martins (bateria). O programa da sala do Bairro Alto apresenta ainda nomes como Thruston Moore, Weyes Blood, Sir Richard Bishop e Built To Spill, entre outros.

Festa do Jazz muda-se para o Capitólio

Isabel Rato

A Festa do Jazz vai mudar-se este ano para o Capitólio, que será o palco do festival nos dias 1 e 2 de Junho. Organizada pela Associação Sons da Lusofonia, a festa volta a apresentar alguns dos projectos mais interessantes do panorama jazz nacional: Diogo Alexandre Quarteto (liderado por um jovem baterista em processo de afirmação), Old Mountain (projecto de Pedro Branco e João Sousa, com os convidados Demian Cabaud e George Dumitriu), Manuel Linhares (cantor que editou recentemente o disco “Boundaries”), trio Luís Vicente / Hugo Antunes / Pedro Melo Alves e Isabel Rato Quinteto (que acaba de editar o disco “Histórias do Céu e da Terra“). A festa vai ainda apresentar, pela primeira vez, um Ensemble Festa do Jazz, reunindo em palco vários músicos que actuam na festa em diferentes formações (João Almeida, João Mortágua, José Pedro Coelho, Tomás Marques, João Grilo, Demian Cabaud e Pedro Melo Alves, entre outros). Os concertos da tarde têm entrada livre, a partir das 21h00 a entrada é paga. Aqui fica o programa completo da festa.

1 Junho (sábado)
16h00: Encontro Nacional de Escolas
18h00: Showcase Escolas Superiores
19h30: Diogo Alexandre Quarteto
21h00: Prémios RTP / Festa do Jazz
21h30: Old Mountain c/ Demian Cabaud e George Dumitriu
22h45: Manuel Linhares

2 Junho (domingo)
16h00: Gerajazz
16h30: Encontro Nacional de Escolas
18h00: Showcase Escolas Superiores
20h00: Luís Vicente / Hugo Antunes / Pedro Melo Alves
21h00: Isabel Rato Quinteto
22h00: Ensemble Festa do Jazz
23h30: Prémio Lurdes Júdice / Encontro Nacional de Escolas
00h00: Jam Session