Jazz em Agosto arranca com Marc Ribot sob o signo da resistência

Acaba de ser desvendada a programação do Jazz em Agosto 2019, que vai ter como mote a resistência. O festival da Fundação Calouste Gulbenkian realiza-se entre os dias 1 e 11 de Agosto e vai abrir com o guitarrista Marc Ribot, que traz consigo o projecto “Songs of Resistance”. No programa destacam-se ainda as actuações de Mary Halvorson (a apresentar o disco “Code Girl”), Ambrose Akinmusire (com “Origami Harvest”) e Nicole Mitchell (e o álbum “Mandorla Awakening II: Emerging Worlds”). Destaca-se ainda a presença de um grupo nacional muito original, um quarteto improvisador que reúne o saxofonista Ricardo Toscano com o pianista Rodrigo Pinheiro, o violoncelista Miguel Mira e o baterista Gabriel Ferrandini. Aqui fica o programa completo do festival.

1 Ago, 21h30: Marc Ribot “Songs of Resistance” (Anfiteatro ao Ar Livre)
2 Ago, 18h30: Maja S. K. Ratkje (Auditório 2)
2 Ago, 21h30: Heroes Are Gang Leaders “The Amiri Baraka Sessions” (Anfiteatro ao Ar Livre)
3 Ago, 18h30: Ingrid Laubrock & Tom Rainey (Auditório 2)
3 Ago, 21h30: Burning Ghosts (Anfiteatro ao Ar Livre)
4 Ago, 17h00: Abdul Moimême (Sala Polivalente)
4 Ago, 18h30: Toscano / Pinheiro / Mira / Ferrandini (Auditório 2)
4 Ago, 21h30: Nicole Mitchell “Mandorla Awakening II: Emerging Worlds” (Anfiteatro ao Ar Livre)
8 Ago, 18h30: Abacaxi (Auditório 2)
8 Ago, 21h30: Théo Ceccaldi “Freaks” (Anfiteatro ao Ar Livre)
9 Ago, 18h30: Joey Baron & Robin Schulkowsky (Auditório 2)
9 Ago, 21h30: Tomas Fujiwara “Triple Double” (Anfiteatro ao Ar Livre)
10 Ago, 18h30: Zeena Parkins & Brian Chase (Auditório 2)
10 Ago, 21h30: Ambrose Akinmusire “Origami Harvest” (Anfiteatro ao Ar Livre)
11 Ago, 18h30: ERIS 136199 (Auditório 2)
11 Ago, 21h30: Mary Halvorson “Code Girl” (Anfiteatro ao Ar Livre)

Vem aí mais uma edição do Jazz no Parque

Pedro Melo Alves [Fotografia: Márcia Lessa]

O jazz irá regressar a Serralves em Julho com o ciclo Jazz no Parque, programado por Rui Eduardo Paes. Os concertos terão lugar nos dias 6, 13 e 20 de Julho, aos sábados à tarde, e serão apresentadas três colaborações inéditas: In Igma (projecto de Pedro Melo Alves com vários convidados, incluindo Mark Dresser e Eve Risser); Fail Better! + Théo Ceccaldi; e Ácidos (André Calvário e João Sousa) + About Angels and Animals (Julius Gabriel e Jan Klare).

Disco: “After Silence, Vol. 1” de José Dias

José Dias
“After Silence, Vol. 1”
(Clean Feed, 2019)

Para este álbum José Dias deixa de lado a natureza jazzística que caracteriza a obra anterior e entra numa pura exploração a solo da guitarra elétrica. Dias serve-se apenas da guitarra eléctrica e de pedais de efeitos, não se serve de composição convencional, trabalha a exploração do som, uma viagem solitária de pesquisa e descoberta. O resultado é uma música ambiental, paisagística, tranquila. Os universos sonoros contam histórias, cada música evolui tranquilamente, com suaves mudanças de direção. (…)

Texto completo no site Bodyspace:
http://bodyspace.net/discos/3385-after-silence-vol-1/

Ovar em Jazz está de regresso


Get The Blessing

A cidade de Ovar prepara-se para receber a segunda edição do festival “Ovar em Jazz”. O festival realiza-se entre os dias 11 e 14 de Abril e apresenta um programa diversificado, onde se encontram músicos e projectos como Stefano Battaglia, Ricardo Toscano Quarteto, Get The Blessing, Orquestra Jazz de Matosinhos com Maria João e Troll’s Toy, entre outros. O programa completo está disponível no site da organização: cultura.cm-ovar.pt.

Rodrigo Amado lança novo disco

O saxofonista Rodrigo Amado acaba de anunciar a edição de um novo disco. Este novo álbum será um registo em duo com o extraordinário baterista americano Chris Corsano, músico que integra o “quarteto americano” que gravou os discos “This Is Our Language” (2015) e “A History of Nothing” (2018). O novo álbum terá o título “No Place to Fall” e será publicado pela editora Astral Spirits em Maio. Aqui fica a imagem da capa, com um design reminiscente do psicadelismo dos anos ’70.

Rafael Toral ao vivo em Lisboa, Porto e Caldas da Rainha

[Fotografia: Vera Marmelo]

Rafael Toral vai estrear uma nova formação Space Quartet, que se vai apresentar ao vivo em três concertos. Nesta nova formação, Toral (instrumentos electrónicos) terá a companhia de Nuno Torres (saxofone e electrónica), Hugo Antunes (contrabaixo) e Nuno Morão (bateria e percussão). O novo Space Quartet apresenta-se ao vivo no dia 4 de Abril no Porto (Maus Hábitos), no dia 5 em Lisboa (Damas) e no dia 7, domingo às 19h00, nas Caldas da Rainha (Centro de Artes da Caldas, no Museu António Duarte). Aqui fica uma entrevista realizada em Julho de 2018.

Rafael Toral: odisseia no espaço