Guinga & Maria João na Casa da América Latina

Antecipando uma tour europeia, o brasileiro Guinga apresenta-se ao vivo em duo com a cantora Maria João, num concerto que terá lugar na Casa da América Latina, em Lisboa, no dia 4 de Julho às 21h30. Os bilhetes têm o preço de 10€ e poderão ser adquiridos na entrada (a partir das 21:00). No dia anterior, 3 de Julho, às 16:00, Guinga irá orientar uma “masterclass” na Escola Superior de Música de Lisboa (inscrições para o email subscriber@uniquebooking.eu).

Jazz im Goethe-Garten 2018: Entrevistas

Almeida / Amado / Franco

Entrevistas às bandas participantes no festival JIGG – Jazz im Goethe-Garten 2018, que se realiza entre os dias 3 e 13 de Julho em Lisboa, com programação de Rui Neves.

Gonçalo Almeida / Rodrigo Amado / Marco Franco
“Sinergia muito forte”

Chaosophy
“Uma forte carga de imprevisibilidade”

Gabriele Mitelli O.N.G.
“Uma grande massa sonora”

Trio Heinz Herbert
“Ritmos em colisão”

Also
“Tocar os extremos”

Gorilla Mask
“Com a energia de uma banda rock”

Entrevista: João Mortágua

[Fotografia: Márcia Lessa]

Natural de Estarreja, João Mortágua conseguiu afirmar-se como um dos mais notáveis saxofonistas da cena jazz nacional. Músico ligado à Porta-Jazz, teve a sua estreia discográfica com “Janela”, em 2014. Desde então vem explorando o jazz de diferentes perspectivas: editou em 2017 dois discos, “Mirrors” e “Axes”, e apresentou recentemente o seu projecto a solo, “Holi”. Na qualidade de “sideman” colabora com músicos como Carlos Bica, André Fernandes e Bruno Pernadas, entre outros. Em 2017 recebeu a distinção de “Músico do Ano” nos Prémios RTP / Festa do Jazz, mas promete não ficar por aqui. Continue reading “Entrevista: João Mortágua”

Disco: “Canto Primeiro” de Beatriz Nunes

Beatriz Nunes
“Canto Primeiro”
(Sintoma, 2018)

Neste seu disco de estreia, apropriadamente intitulado “Canto Primeiro”, a cantora apresenta uma música de raiz assumidamente portuguesa, assente sobre uma configuração jazz. Assumindo essa veia portuguesa, além de muita música original, há a revisitação de um tema de José Afonso (“Canção da Paciência”) e um arranjo para um tema tradicional alentejano (“Aurora tem um menino”). A voz de Beatriz combina doçura e segurança e, sem espalhafato, desenvolve uma música elegante. Além da qualidade técnica vocal evidente, a também compositora apresenta um conjunto de temas originais muito interessantes, que globalmente partilham uma certa ideia – também harmónica – de portugalidade.

Texto completo no site Bodyspace:
bodyspace.net/discos/3320-canto-primeiro

Julho e Agosto no Hot Clube

Billy Hart

O Hot Clube de Portugal acaba de apresentar a programação para os meses de Julho e Agosto de 2018. O grande destaque do programa vai para o concerto do Billy Hart Quartet (com Joshua Redman, a 11 e 12 de Julho), mas pelo clube da Praça da Alegria vão passar ainda músicos e projectos como Eduardo Cardinho (com Ben Van Gelder), Sara Serpa, Olga Reznichenko, Racing Mackerels (de Nuno Ferreira), André Matos Trio e o novo projecto internacional de João Barradas (com Simon Moullier, Luca Alemanno e Naima Acuña). Há ainda jam-sessions às terças-feiras, com entrada livre, lideradas pelos guitarristas Bruno Santos (Julho) e João Espadinha (Agosto).

Programa [PDF]

Headlights edita dois novos discos

A editora Headlights, de Manuel Mota, acaba de editar dois discos novos, de Margarida Garcia e Takashi Masubuchi. A portuguesa Margarida Garcia apresenta “Der Bau”, disco a solo de baixo elétrico,  gravado em Lisboa em Outubro do ano passado. O japonês Takashi Masubuchi apresenta o disco “R,R,R”, álbum solo de guitarra acústica, gravado emTóquio em Março de 2017. Ambos os discos  são edições limitadas de 200 unidades e estão disponíveis para encomenda através do site da editora.

Paula Oliveira canta Saramago

A cantora Paula Oliveira está de regresso aos discos. Paula Oliveira vai apresentar o novo disco “Canções Possíveis”, que junta composições originais de sua autoria com poemas de José Saramago. Este disco será editado neste ano de 2018, quando se celebram os 20 anos da atribuição do Prémio Nobel da Literatura a José Saramago. Esta é uma das várias iniciativas que a Fundação José Saramago vai promover para as celebrações dos 20 anos do Nobel.

Novo disco de MOVE String Quartet com Carlos Bica

O grupo MOVE String Quartet acaba de editar um novo disco e conta com a participação do contrabaixista português Carlos Bica. Este quarteto de cordas é liderado pela violoncelista Susanne Paul e, além de Bica, junta Gerður Gunnarsdóttir (violino) e Marie-Theres Hartel (viola). O disco “Short Stories” (edição Jazz Haus Musik) apresenta uma curiosa mescla de música de câmara com improvisação. O disco inclui um total de dez temas, a maior parte composições originais de Paul, e fecha com uma revisão do belíssimo “Believer” de Bica.

Julho na Porta-Jazz


Susana Santos Silva [Fotografia: Márcia Lessa]

A Porta-Jazz já tem nova casa, agora na Rua de João das Regras 305 no Porto, e neste mês de Julho promove mais quatro concertos, sempre aos sábados: The Nada (7 Julho), Demian Cabaud (14 Julho), Susana Santos Silva “Impermanence” (21 Julho) e Quarteto de Vasco Agostinho (28 Julho). Nestes concertos dos sábados há sempre dois sets: o primeiro às 19:00, o segundo set 22:00. Além destes, a Porta-Jazz promove no dia 17 de Julho uma masterclass e um concerto com o Sara Serpa Trio (marsterclass às 17:00, concerto às 21:30). A entrada para estes concertos tem o preço de 5€ (e 3€ para membros da Porta-Jazz).